UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Aplicação do questionário de qualidade de vida em pessoas com deficiência intelectual

Janine Reis Tavares Pereira

Resumo


Este trabalho avaliou a qualidade de vida de pessoas com deficiência intelectual. A amostra consistiu de 15 pessoas (10 mulheres e 5 homens), com média de idade de 26,8 anos. Os dados foram coletados através da aplicação da primeira versão em língua portuguesa do Questionário de Qualidade de Vida – QQV. Os sujeitos foram indagados sobre sua Satisfação, Produtividade, Independência e Participação Social. O percentil médio mais elevado foi alcançado na escala de Satisfação (73,6), seguido da participação social (52,8) e Produtividade (43,73). O desempenho mais baixo foi no domínio Independência (12,8). A análise nos permitiu dizer a respeito da necessidade de investirmos no contexto social destes indivíduos, sobretudo na promoção de independência e, consequentemente, na Qualidade de Vida das pessoas com deficiência intelectual.

Palavras-chave


Qualidade de vida, deficiência intelectual, Questionário de Qualidade de Vida - QQV

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.24879/200900300100395

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

   Revista Psicologia em Pesquisa

   Vinculada ao Programa de Pós-graduação em Psicologia

   Universidade Federal de Juiz de Fora
   Departamento de Psicologia – ICH
   Campus Universitário – Bairro Martelos
   Juiz de Fora – MG - CEP: 36036-330

   E-mail: revista.psicologiaempesquisa@ufjf.edu.br

   e-ISSN 1982-1247

   DOI: 10.24879


   INDEXADORES



            

 

 

                       

Universidade Federal de Juiz de Fora